Corinthians fatura o 10º título na Copinha diante de um Batatais aplicado

 Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Alguns jogadores poderão ser aproveitados no time principal do Timão – Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians teve um difícil jogo para conseguir seu 10º título de Copa São Paulo. Diante de um Batatais bastante aplicado, o alvinegro só marcou no final do segundo tempo, abriu vantagem, mas viu o adversário assustar. Apesar disso, o time do artilheiro Carlinhos, que marcou mais um na final, fechou a campanha com 100% de aproveitamento após nove jogos.

O primeiro tempo começou com pouca velocidade e as equipes se estudando. Enquanto o Corinthians buscava tomar as ações da partida, o Batatais se posicionava bem e também procurava tocar a bola quando tinha posse.

A partida pegou fogo a partir dos 20 minutos. Na primeira grande chance do Corinthians, Fabrício Oya bateu falta frontal ao gol do Batatais e a bola passou rente à trave.

O Batatais respondeu e chegou pela primeira vez aos 24. Após boa troca de passes, Thales apareceu sozinho, para tocar a bola cruzado, mas sem equilíbrio acabou chutando por cima do gol.

Enquanto o Corinthians criava chances mais amenas, o Batatais chegava pouco, mas era incisivo. O time do interior assustou novamente aos 40, em cabeceio do camisa 5 Everton, defendido pelo goleiro Filipe.

A principal chance do primeiro tempo aconteceu aos 42. Após cobrança de escanteio, Del Amore subiu mais alto que os adversários e testou forte na trave.

Aos seis minutos, Pedrinho enfiou boa bola para Carlinhos. O atacane saiu cara a cara com o goleiro Gerson, que fechou o ângulo do adversário e fez a defesa.

O segundo tempo se desenhou com o Corinthians mais uma vez tomando a iniciativa. Com toques rápidos, o alvinegro tentava chegar com perigo ao gol adversário, mas na maioria das vezes esbarrava no bom posicionamento do adversário e nas faltas, que resultaram alguns amarelos ao Batatais.

Aos 39, quando o Corinthinas já demonstrava estar melhor fisicamente, Carlinhos recebeu cruzamento da direita e desviou, tirando o goleiro Gerson da jogada e marcando seu 11º gol no torneio.

Dois minutos depois, o camisa 9 corintiano fez as vezes de garçom e serviu Marquinhos, que cara a cara com Gerson tocou rasteiro. O goleiro do Batatais desviou a bola, mas não o suficiente para tirar ela do gol.

O Batatais ainda descontou aos 43. Após belo lançamento, Douglas Pote fez o domínio e tocou de cobertura, reascendendo a esperança do time do interior.

Mesmo com sete minutos de acréscimo, devido a parada técnica e também a interrupção devido a torcida corintiana acenderem sinalizadores na arquibancada, não havia tempo mais para tirar o decacampeonato do Corinthians. O título de 2017 se junta às conquistas de 1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012 e 2015 na galeria de taças do alvinegro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s