Mogi vence Pinheiros fora de casa e fecha o ano na liderança

Com campanha idêntica ao rival até então, o Mogi ultrapassou o Pinheiros na tabela – Foto: Ricardo Bufolin/ECP

A disputa pela atual liderança do NBB foi pra lá de emocionante no Ginásio Henrique Villaboim, nesta quarta-feira (20). Após um ótimo primeiro quarto, o Mogi das Cruzes/Helbor conseguiu administrar a vantagem ao longo de todo jogo e venceu o Pinheiros, por 73 a 66, ultrapassou o rival e assumiu o topo da tabela de classificação.

O Mogi foi superior nos dez minutos iniciais do confronto. Mesmo com cinco rebotes de ataque cedidos ao rival, os mogianos compensaram  ofensivamente, com o ótimo aproveitamento, de 62,2% contra 31,3% do Pinheiros, e venceram o primeiro quarto, por 23 a 15. Destaque para Tyrone, com oito pontos, Filipin e Shamell, ambos com cinco pontos e 100% de aproveitamento.

Com cinco pontos de vantagem no início da parcial final, o experiente elenco mogiano soube administrar muito bem o jogo. Sem deixar a diferença chegar a apenas uma posse de bola ao longo dos 10 minutos finais, os comandados de Guerrinha se mantiveram tranquilos na partida e converteram cestas em momentos decisivos, garantindo o resultado positivo fora de casa.

Com campanha idêntica ao rival até então, mas abaixo devido ao saldo de pontos, o Mogi ultrapassou o Pinheiros e agora é líder isolado do NBB. A campanha mogiana agora é de nove vitórias e uma derrota, contra oito resultados positivos e dois negativos da equipe da capital paulista.

Shamell segue em ótimo momento. Nesta noite, o norte-americano liderou mais uma vez o Mogi, deixando a quadra como cestinha da partida, com 23 pontos, além de seis rebotes, cinco assistências e três roubadas de bola, registrando 32 de eficiência, terceira melhor marca do NBB no quesito.

“Foi uma grande vitória. A gente fez uma boa defesa e, mesmo fazendo poucos pontos, não sofremos tanto e por isso vencemos o jogo. Estamos muito focados, porque nos últimos anos perdemos os jogos prévios ao Natal. Então nós focamos para este jogo, porque sabíamos da importância dele, e conseguimos vencer”, declarou Shamell, cestinha da partida com 23 pontos.

Apesar da derrota, o Pinheiros fez um jogo igual com o Mogi a partir do segundo quarto e ficou bem perto de assumir à frente do marcador em determinados momentos. Os grandes destaques do time foram seus dois armadores norte-americanos. Enquanto Holloway liderou a equipe, com 20 pontos e cinco rebotes, Bennett contribuiu com 12 tentos, duas sobras e dois roubadas de bola nos 30 minutos que esteve em quadra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s