Mogi perde para o Paulistano, mas segue líder do NBB

Com 4/6 nos 3 pontos, Guilherme Hubner foi um dos destaques do CAP Foto: Antonio Penedo/Mogi Helbor

Com atuação imponente diante do líder Mogi/Helbor, o Paulistano dominou durante a maior parte do duelo, segurou uma reação nos minutos finais e venceu diante de 4,4 mil pessoas no Ginásio Hugo Ramos, por 84 a 80 pelo NBB. Com isso, a equipe entrou no grupo dos quatro primeiros colocados que vão direto às quartas de final.

Com o resultado positivo da noite desta quarta-feira (3), o Paulistano conquistou a sexta vitória seguida e assumiu a quarta colocação do NBB, com campanha de oito triunfos em 11 partidas (72,7% de aproveitamento). Já o líder Mogi segue na primeira colocação mesmo com o revés. Agora, a equipe mogiana tem nove êxitos em 11 jogos (81,8% de aproveitamento).

O Paulistano justificou seu posto de líder em bolas de 3 da temporada e abriu 2018 “fazendo chover” no Hugo Ramos. Foram 15 acertos, sendo 14 deles nos três primeiros quartos (14/29 – 48,2% de aproveitamento). O desempenho só piorou por conta do período final, em que a equipe acertou somente 1/9. Mesmo assim, os tiros de longa distância foram sonoramente impactantes para a construção da larga vantagem alvirrubra e consequentemente para o triunfo.

Em grande atuação coletiva, o Paulistano teve como grandes destaques individuais o ala Lucas Dias, autor de 16 pontos (3/5 nas bolas de 3), sete rebotes e quatro assistências (22 de eficiência), e o pivô Guilherme Hubner, que começou como titular e registrou 14 pontos, com direito a 4/6 nas bolas de 3 pontos, além de cinco rebotes (18 de eficiência).

Depois de fechar 2017 em grande fase e média de 19,2 nos cinco jogos anteriores, Shamell manteve o rotineiro alto nível e foi o grande destaque do Mogi diante do Paulistano. Com 28 pontos e desempenho de 5/7 nas bolas de 3 pontos (71,4%), o maior cestinha da história do NBB ainda pegou seis rebotes, deu três assistências e deixou a quadra como atleta mais eficiente do confronto, com 29 de valorização.

A equipe alvirrubra confirmou ainda mais o rótulo de algoz do Mogi. No Campeonato Paulista 2017, o CAP eliminou os mogianos nas semifinais com virada de 2 a 0 na série (3 a 2) e ainda foi o responsável pelas duas únicas derrotas da equipe no Hugo Ramos na temporada. Agora, os atuais vice-campeões do NBB “aprontaram” de novo e calaram a torcida que empurrava o líder do campeonato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s